Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Crianças com fissura labiopalatina e baixo peso ao nascimento em testes auditivos centrais

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Letícia Maria Martins Araújo1 | José Roberto Pereira Lauris2 | Mariza Ribeiro Feniman3.

Journal: Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia
ISSN 1809-4872

Volume: 15;
Issue: 3;
Start page: 314;
Date: 2011;
Original page

Keywords: percepção auditiva | fissura palatina | testes auditivos.

ABSTRACT
Introdução: Alterações neurológicas ou sensoriais, entre elas as alterações auditivas periféricas e/ou centrais, são enfatizadas na população com baixo peso ao nascimento (BP), assim como, na presença de malformação craniofacial, tal como a fissura labiopalatina (FLP). Objetivo: Verificar e comparar o resultado de testes de processamento auditivo, Teste Dicótico de Dígitos (TDD) e Teste de Fusão Auditiva-Revisado (AFT-R), de crianças com FLP com e BP ao nascimento, com o de crianças sem FLP e nascida com peso normal. Método: Estudo retrospectivo e comparativo de 73 prontuários, dos quais foram verificados o sexo, peso ao nascimento, presença/ausência de FLP e o resultado de TDD e AFT-R. Foram constituídos três grupos de acordo com a análise do peso ao nascimento e presença ou ausência de FLP. Resultados: Para o TDD a Análise de Covariância não mostrou diferença entre os grupos e sexos, porém a co-variável idade mostrou relação estatisticamente significante.Para o AFT-R não mostrou diferença entre os grupos, sexos e idades. Conclusão: Crianças com FLP e BP, embora sem significância estatística, apresentam maiores alterações nos testes de processamento auditivo utilizados ao comparar com crianças com FLP isolada e com crianças sem esta malformação craniofacial e sem BP.Ressalta-se ainda que o aumento da idade melhorou o desempenho no TDD.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona