Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Jorge Amaro de Souza Borges

Journal: Olhar de Professor
ISSN 1518-5648

Volume: 14;
Issue: 02;
Start page: 285;
Date: 2011;
Original page

Keywords: Inclusão social | Pessoas com deficiência | Acessibilidade | Cidadania | Sustentabilidade | Social Inclusion | People with disabilities | Accessibility | Citizenship | Sustainability

ABSTRACT
This paper discusses the relationship between the ‘National Environmental Education Policy’ and the ‘National Policy on Special Education from the Perspective of Inclusive Education’, from the experience of the Laboratory of Inclusive Environmental (LEAI) proposed by the Foundation of Coordination and Development of Public Policies for people with Disabilities and People with Special Needs in Rio Grande do Sul (FADERS), a body responsible for coordinating and promoting projects and activities aimed at this segment of the population. According to Census data for 2010 from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE, 2010), approximately 45 million Brazilians have declared a disability, which meant a jump from 1.41% in 1991 to 14.5% of the population in 2000, reaching 23.9% in 2010. Objectively, our studies firstly attempted to reflect on the need for dialogue between inclusion, accessibility, sustainability and human rights, and act in the construction of mechanisms that would enable practical actions, such as care, training and research. From this, we tried to analyze the relationship between accessibility and sustainability in the context of guaranteeing human rights, as tools for building inclusive and sustainable public policies.Resumo: O presente trabalho aborda a articulação da Política Nacional de Educação Ambiental com a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, a partir de experiência do Laboratório de Educação Ambiental Inclusiva (LEAI), proposto pela Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (FADERS), órgão responsável por coordenar e articular projetos e ações direcionadas a essa parcela da população. De acordo com os dados do Censo Demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2010), aproximadamente 45 milhões de brasileiros declararam possuir alguma deficiência, o que significou um salto de 1,41% em 1991 para 14,5% da população em 2000, chegando a 23,9% em 2010. Objetivamente, nossos trabalhos buscaram primeiro refletir sobre a necessidade de diálogo entre inclusão, acessibilidade, sustentabilidade e direitos humanos, e atuar na construção de mecanismos que possibilitassem ações práticas, tendo atendimento, capacitação e pesquisa como eixos centrais. A partir disso, procuraram analisar a relação acessibilidade – sustentabilidade no contexto da garantia de direitos humanos, como ferramentas de construção de políticas públicas inclusivas e também sustentáveis.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona