Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Ética como filosofia primeira: sabedoria da paz/palavra em Lévinas = Ethics as first philosophy: wisdom of peace/word in Lévinas

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marcos Alexandre Alves

Journal: Acta Scientiarum : Human and Social Sciences
ISSN 1679-7361

Volume: 34;
Issue: 1;
Start page: 49;
Date: 2012;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Lévinas | ética | subjetividade | paz | palavra | Lévinas | ethics | subjectivity | peace | word

ABSTRACT
O fio condutor deste estudo será o terceiro estágio do desenvolvimento intelectual de Lévinas, chamado período ético, desenvolvido, sobretudo, na obra Autrement qu’être ou au-delà de l’essence (1974). Mostraremos que a proposta filosófica de Lévinas consiste em uma tentativa de reconstrução da noção de subjetividade humana, perpassada por uma intriga ética entre o Mesmo e Outro, em que o Outro não se reduz ao Mesmo. Neste sentido, propomos uma ressignificação da razão e do seu papel, a partir de um fundamento primeiro e anterior ao Logos grego que é Ética. A razão passa, então, de uma postura de apreensão e domínio (amor a sabedoria) para uma condição de acolhimento (sabedoria da paz/palavra), desfazendo, assim, a ideia que a capacidade de conhecer implica apreensão e posse de dados. Defenderemos, portanto, que a ética tem a função de resgatar o sentido da razão e da filosofia, através de uma nova maneira de situar a subjetividade como responsabilidade por Outrem e não como anulação ou simetria deste pelo Mesmo.The thread of this study will be the third stage of intellectual development of Lévinas, the period called ethical, developed mainly in the work Autrement qu'être ou au-delà de l'essence. We will show that Lévinas’ philosophical proposal is an attempt to reconstruct the notion of human subjectivity, going through an ethical intrigue between the Same and Other, in which the Other is not reducible to the Same. Therefore, we propose a redefinition of reason and its role, from a prime fundament prior to the Greek Logos which is word (ethics). Reason then changes from an attitude of concern and domain (love of wisdom) into a condition for acceptance (the wisdom of peace / word), thereby undoing the idea that the ability to learn involves seizing and holding data. We therefore propose that ethics has the task of rescuing the sense of reason and philosophy, through a new way of situating subjectivity as responsibility for Others and not as a cancellation or symmetry of the Self.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona