Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Evaluation of asepsis, agar concentration and culture medium composition methods for in vitro propagation of Pimpinella anisum (Linn.) – Apiaceae Avaliação de métodos de esterilização, concentração de ágar e composição de meio de cultura para propagação in vitro de Pimpinella anisum (Linn.) – Apiaceae

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Gabriela Tambosi | Gladys Daniela Rogge-Renner

Journal: Semina : Ciências Biológicas e da Saúde
ISSN 1676-5435

Volume: 31;
Issue: 2;
Start page: 189;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Anis | Micropropagação | Assepsia | Nutrição.

ABSTRACT
Pimpinella anisum, is a plant species popularly used as treatment for different diseases, although no studies exist which could prove its pharmacological activity. This species has no known methods of asepsis and adequate conditions to conduct in vitro propagation trials. To assess the most efficient method of seed sterilization and the most favorable concentration of agar and MS salts, five tests of asepsis and tests to evaluate the dry mass increase of germinated seed in 3g/L and 6g/L of agar and MS in concentrations of 0%, 25%, 50%, 75% and 100%, were carried out. The samples that were immersed in a concentration of 2% sodium hypochlorite for 20 minutes and then washed in distilled water produced 100% of sterile plantlets. The greatest increase in dry mass was obtained with 75% and 100% of MS salts. Furthermore, the different concentrations of agar did not influence the percentage of the plantlets dry mass. Pimpinella anisum é uma planta popularmente utilizada como medicinal para diversas enfermidades, embora não existam estudos que comprovem sua atividade farmacológica. A espécie não apresenta metodologias conhecidas de assepsia e condições adequadas para experimentos de propagação in vitro. Para avaliar a forma mais eficiente de esterilização de sementes da espécie e melhores concentrações de ágar e sais do meio MS, foram feitos cinco testes de assepsia, bem como testes de avaliação do aumento de massa seca a partir de sementes germinadas em ágar 3g/L e 6g/L e MS nas concentrações 0%, 25%, 50%, 75% e 100%. A imersão em solução hipoclorito de sódio 2% por 20 minutos e lavagem em água destilada promoveu 100% de plântulas estéreis. O maior aumento de massa seca foi obtido com concentração de sais do meio MS de 75% e 100%, e as diferentes concentrações de ágar não influenciaram a obtenção de maior percentual de massa de plântulas cultivadas.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona