Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Evaluation of the multifatorial influence for chemical dependence between infants and teenagers in the state of Rio de Janeiro, Brasil Avaliação da multifatorialidade para dependência química entre infantes e adolescentes no estado do Rio de Janeiro

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Nicolau Maués Serra Freire | Antelina Serra Freire Lobo | Stela Telles Oliveira

Journal: Semina : Ciências Biológicas e da Saúde
ISSN 1676-5435

Volume: 31;
Issue: 1;
Start page: 83;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Dependência química | Criança e adolescente | Fatores condicionantes | Descritores de importância na causalidade | Rio de Janeiro.

ABSTRACT
In 2005/06, an epidemiological study on multifactorial chemical dependency in children and adolescents was conducted with 3,000 addicts, in 28 cities/8 geographic regions of Rio de Janeiro. In each county, Community Health Workers and Foster Parents selected subjects with the following requirements: they had to be between 4-16 years old, agreed to be volunteers with the permission of those responsible; and have lived on location for three years or more. The prepared questionnaire was answered by everyone in free expression. The response options for each item were transformed into percentage figures, which were compared amongst them by test “z”, determining alpha at 10%. The 12 highest trend descriptors were: family breakdown when the father abandons the home (20%); disruption or dissolution of the family (14%); chemical dependence in families (13%); maternal prostitution (12%); domestic violence (7%); abuse by the father, mother, or both (6%); father or mother imprisonment (6%); lack of commitment from parents (5%); parental neglect (5%); abandonment by one or both parents (4%); sexual abuse of minor by parent, stepparent, uncle/aunt, cousins etc. (4%); and single mothers who need to work (4%). It was concluded that the disruption of the family structure is the major risk factor for children and adolescents to become addicts. Both father and mother are fundamental in raising a child/adolescent who is able to avoid becoming a drug addict. The reality of drug use affliction in Rio de Janeiro relates with situations in other countries: the lack, and/or excess of financial resources of children and adolescents’ providers lead to the lack of attention towards them, favoring entry into the world of drugs. The five main reasons youngsters are attracted into drug use, as released by WHO, take place in Rio de Janeiro. Em 2005/06, um inquérito epidemiológico sobre a multifatorialidade para dependência química de crianças e adolescentes foi desenvolvido com 3.000 dependentes, em 28 municípios/8 regiões geográficas do Rio de Janeiro. Em cada município, Agentes Comunitários de Saúde e Mães Sociais selecionaram as amostras, com os requisitos: terem entre 4-16 anos, concordarem em ser voluntários, com a permissão dos responsáveis; terem paradeiro conhecido a mais de três anos no local. O questionário pré-elaborado foi respondido por todos, em forma livre de expressão. As opções de respostas de cada item foram transformadas em valores relativos percentuais, que foram comparados entre si pelo teste “z”, arbitrando-se alfa em 10%. Os 12 descritores de maior moda foram: desagregação familiar quando o pai abandona o lar (20%); desestruturação ou dissolução do núcleo familiar (14%); dependência química nas famílias (13%); prostituição materna (12%); violência doméstica (7%); maus tratos por parte do pai, da mãe, ou dos dois (6%); pai ou mãe presidiário (6%); falta de comprometimento dos pais biológicos (5%); negligência dos responsáveis (5%); abandono do lar por um ou dois genitores (4%); abuso sexual do menor por pai, padrasto/madrasta, tio/tia, primo/prima etc. (4%); mães solteiras que necessitam trabalhar (4%). Concluiu-se que: a desestruturação familiar é o principal fator condicionante para que crianças e adolescentes se tornem usuários dependentes químicos; tanto o pai, quanto a mãe são fundamentais na formação da criança/adolescente com conhecimento para não se tornar dependente químico; a realidade do flagelo do uso de drogas no Rio de Janeiro tem identidade com as situações em outros países; a falta, e o excesso de recursos financeiros dos provedores das crianças e adolescentes, condicionam a falta de atenção para estes, favorecendo a entrada no mundo das drogas; as cinco razões básicas para atração dos jovens ou consumo de drogas divulgadas pela OMS, acontecem no Rio de Janeiro.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona