Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Geohelmintíases: prevalência amostral em Aracaju (SE) entre 2007 a 2010

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Anna Carolina Mota Lopes | Fernanda Caroline Bitencourt | Cláudia Moura de Melo | Rubens Riscala Madi | Rachel de Melo Santana Andrade | Ana Maria Guedes de Brito

Journal: Scire Salutis
ISSN 2236-9600

Volume: 3;
Issue: 1;
Start page: 28;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Prevalência | Helmintíases | Sergipe

ABSTRACT
Para determinar a prevalência de geohelmintíases de um grupo amostral em Aracaju/SE entre 2007 a 2010, realizou-se busca em arquivos eletrônicos de três laboratórios clínicos do citado município. Nos arquivos se coletou variáveis para determinação de indicadores epidemiológicos. Das 153.912 pessoas investigadas, 49,37% estavam infectadas por algum parasita ou organismo comensal. Entre os geohelmintos, a prevalência foi de aproximadamente 20%, sendo Ascaris lumbricoides o mais prevalente (58,8%). Quanto ao gênero, o masculino foi mais acometido (70,65%), e as faixas etárias mais atingidas foram as de 21anos a 49 anos. Análises mais acuradas dos bancos de dados de Laboratórios de Análises Clínicas podem subsidiar o monitoramento da dinâmica de ocorrência das geohelmintíases e fornecer informações aos órgãos competentes que auxiliem nas tomadas de decisões quanto aos investimentos em saúde, educação em saúde e saneamento básico em Sergipe.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil