Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Incidência de malignidade na doença nodular da tiróide com baixa suspeita clínica: estudo observacional prospectivo por dois anos numa coorte de 50 pacientes

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Yamazaki Claudia A. | Mamone M. Conceição C. | Ikejiri Elza S. | Hidal Jairo T. | Matsumura Luiza K. | Hojaij Flávio C. | Cervantes Onivaldo | Abrahão Márcio | Furlanetto Reinaldo P. | Maciel Rui M.B.

Journal: Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
ISSN 0004-2730

Volume: 48;
Issue: 2;
Start page: 282;
Date: 2004;
Original page

Keywords: Nódulo de tiróide | Ultra-sonografia de tiróide | Câncer de tiróide | Citologia aspirativa por agulha fina

ABSTRACT
OBJETIVOS: Verificar a ocorrência de lesões malignas em pacientes com nódulos tiroidianos clinicamente benignos e o valor da repetição da citologia aspirativa da tiróide (PAAF). MÉTODOS: Estudo observacional prospectivo por 2 anos em coorte de 50 mulheres com nódulos tiroidianos clinicamente benignos, com exame clínico, ultra-sonografia (US) e PAAF inicial, seguidas por acompanhamento clínico, US e repunção dos mesmos nódulos (PAAF2). RESULTADOS: A palpação não é bom método para o seguimento dos nódulos quando comparada ao US. O quadro clínico foi parâmetro de confiança, pois 47/50 pacientes (94%) evoluíram sem malignidade durante o seguimento. PAAF1 e PAAF2 concordaram em 33/39 pacientes quando PAAF1 foi negativa (85%); 11 pacientes foram operadas, 8 por PAAF suspeita e 3 por aumento do volume nodular durante o seguimento. O anátomo-patológico (AP) foi benigno nas lesões suspeitas (8 adenomas e 3 bócios colóides). Houve 2 casos de microcarcinoma papilífero não invasivo em área distante dos nódulos e 1 caso de carcinoma papilífero não invasivo em bócio multi-nodular. CONCLUSÕES: Houve concordância entre características clínicas de benignidade com PAAF, US e acompanhamento clínico ou cirurgia; numa paciente encontramos carcinoma papilífero. O US deve ser considerado em pacientes com suspeita de nódulos de tiróide ao exame clínico; na maioria das vezes quando o resultado da PAAF1 é negativo para malignidade, o segundo exame citológico confirma o primeiro.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona