Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Influence of different systems of minimum ventilation on air quality in broiler houses Influência de diferentes sistemas de ventilação mínima na qualidade do ar de galpões para frangos de corte

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Irene Menegali | Ilda F. F. Tinôco | Sérgio Zolnier | Cinara da C. S. Carvalho | Maria C. de C Guimarães

Journal: Engenharia Agrícola
ISSN 0100-6916

Volume: 32;
Issue: 6;
Start page: 1024;
Date: 2012;
Original page

Keywords: avicultura | pintos de corte | concentração de gases | renovação do ar | aviculture | broiler chicks | gas concentration | air renovation

ABSTRACT
To maintain a competitive development of the Brazilian aviculture, some measures must be taken to enable the identification and reduction of risks to the health of birds, as well as for the physical environment. Therefore, the aim of this study was to evaluate the effectiveness of three different systems of minimum ventilation (positive pressure - SVMP, negative pressure - SVMN and natural ventilation - SVMNat) in the air quality during the first 21 days of life of broiler chicks, during winter. Three points were selected along the length to verify ammonia, carbon monoxide and oxygen concentrations at 3a.m., 9a.m., 3p.m. and 9p.m., by the respiration level of birds and workers. The averages of pollutant gases did not exceed the tolerance levels for the three minimum ventilation systems evaluated, which is 20 and 10ppm for the birds level and 20 and 39ppm for the workers level, for ammonia and carbon monoxide, respectively. It was evident that the minimum ventilation systems were appropriately sized for the required minimum ambient air renovation, in respect to ventilation rates applied for the SVMN and SVMP systems, and with air velocity at levels that do not stress the chicks, including for the SVMNat. The three studied systems of minimum ventilation allowed the birds to externalize their productive performance, with values close to the ones considered satisfactory for all evaluated parameters, in accordance with the Brazilian aviculture standards.Para a manutenção de um desenvolvimento competitivo da avicultura brasileira, demandam-se medidas que possibilitem a identificação e a redução de riscos à saúde das aves, bem como do meio físico ambiental. Sendo assim, objetivou-se com este trabalho avaliar a eficiência de três diferentes sistemas de ventilação mínima (pressão positiva - SVMP, pressão negativa - SVMN e por via natural - SVMNat), na qualidade do ar durante os primeiros 21 dias de vida de pintos de corte, na fase de inverno. Foram selecionados três pontos ao longo do comprimento para a verificação das concentrações de amônia, monóxido de carbono e oxigênio nos horários de 3; 9; 15 e 21 h, ao nível da respiração das aves e dos trabalhadores. As médias dos gases poluentes não ultrapassaram os níveis de tolerância para os três sistemas de ventilação mínima avaliados, que são de 20 e 10 ppm para o nível das aves e 20 e 39 ppm no nível dos trabalhadores, para amônia e monóxido de carbono, respectivamente. Evidenciou-se que os sistemas de ventilação mínima foram dimensionados adequadamente em termos de renovação mínima necessária do ar ambiente, em relação às taxas de ventilação aplicadas para os dois sistemas, SVMN e SVMP, e com velocidade do ar em níveis não estressores aos pintinhos, inclusive para o SVMNat. Os três sistemas de ventilação mínima estudados possibilitaram às aves externar seu desempenho produtivo, com valores próximos aos considerados satisfatórios para os parâmetros avaliados, de acordo com os padrões da avicultura brasileira.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil