Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Ingestive behavior of Guzerat and Sindhi heifers under the effects of feed restriction=Comportamento ingestivo de novilhas Guzerá e Sindi sob efeito de restrição alimentar

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Ebson Pereira Cândido | Severino Gonzaga Neto | Leilson Rocha Bezerra | Edilson Paes Saraiva | Edgard Cavalcanti Pimenta Filho | Gherman Garcia Leal de Araujo

Journal: Acta Scientiarum : Animal Sciences
ISSN 1806-2636

Volume: 34;
Issue: 3;
Start page: 297;
Date: 2012;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: ethology | nutrition | zebu | etologia | alimentação | zebuínos.

ABSTRACT
This study aimed to evaluate the effect of feed restriction on the ingestive behavior of Guzerat and Sindhi heifers. A total of 36 heifers were used, 18 from each breed, randomly distributed in a completely randomized design, in a 2 x 3 factorial scheme. The treatments used were 20 and 40% restriction compared to intake by animals from the third group, which were fed ad libitum (without restriction). For the behavioral analysis, the scan sampling method was used by logging and recording times in five-minute intervals during 24 hours, thus estimating the time spent feeding, ruminating and idling. With regard to the imposed restrictions, it was observed that non-restricted animals showed greater feeding time and lower resting time (p < 0.05); the two breeds showed the same feeding efficiency. When subjected to levels up to 40% of feed restriction, both studied genotypes perform similarly with regard to ingestive behavior, feeding efficiency and cud chews. However, there was an effect of the restriction levels on the patterns of ingestive behavior and cud chews, although there were no changes to feeding efficiency or chewing time per cud.Objetivou-se com este estudo avaliar o efeito da restrição alimentar sobre o comportamento ingestivo de novilhas da raça Guzerá e Sindi. Foram utilizadas 36 novilhas, sendo 18 de cada uma das raças, distribuídos aleatoriamente em um delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2 x 3. Os tratamentos utilizados foram de 20 e 40% de restrição em relação ao consumido pelos animais do terceiro grupo que se alimentavam à vontade (sem restrição). Para a análise comportamental utilizou-se o método de amostragem scan com registro temporal em intervalos de cinco minutos durante 24 horas contínuas, estimando-se assim o tempo despendido em alimentação, ruminação e ócio. Em relação às restrições impostas, notou-se que animais que não passaram por restrição alimentar apresentaram maior tempo de alimentação e menor tempo em ócio (p < 0,05), observando-se a mesma eficiência alimentar para novilhas das duas raças em confinamento. Os genótipos estudados quando submetidos até um nível de 40% de restrição alimentar se comportam de maneira igual quanto ao comportamento ingestivo, eficiência alimentar e mastigação merícica. Contudo houve efeito dos níveis de restrição que são alterações nos padrões de comportamento ingestivo, mastigação merícica, apesar de não ter ocorrido alterações na eficiência de alimentação e no tempo de mastigação por bolo.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

    
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation