Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Níveis de proteína bruta e energia metabolizável em uma linhagem de codorna de corte =Protein and metabolizable energy on a meat quail line

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Rogerio de Carvalho Veloso | Aldrin Vieira Pires | Vivian Dagnesi Timpani | Eduardo Silva Cordeiro Drumond | Flaviana Miranda Gonçalves | Daniel Emygdio de Faria Filho

Journal: Acta Scientiarum : Animal Sciences
ISSN 1806-2636

Volume: 34;
Issue: 2;
Start page: 169;
Date: 2012;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Coturnix coturnix coturnix | desempenho produtivo | superfície de resposta | exigência nutricional | Coturnix coturnix coturnix | performance | response surface | nutritional requirements

ABSTRACT
O objetivo deste trabalho foi estabelecer os níveis de proteína bruta e energia metabolizável para melhor desempenho em ganho de peso, peso corporal, consumo de ração e conversão alimentar em codornas de corte. Utilizaram-se 540 codornas de corte, durante três períodos experimentais: inicial (1 ao 21 dia), crescimento (22 ao 35 dia) e terminação (36 ao 49 dia). Os tratamentos foram constituídos pela combinação de cinco níveis de proteína bruta (18, 20, 22, 24 e 26% de PB) com três níveis de energia (2.700, 2.900 e 3.100 kcal EM kg-1), distribuídos em três blocos. Os modelos de regressão por superfície de resposta foram adotados como método de análise estatística. A melhor conversão alimentar ocorreu na fase de crescimento (22 ao 35 dia) independente do nível de energia utilizado na ração das codornas. Maiores níveis de energia (em torno de 3.000 kcal kg-1) e maiores níveis de proteína bruta proporcionam melhor ganho de peso. Nas fases inicial e de crescimento, as codornas de corte não apresentam diferença no peso corporal em função do nível de PB da ração. No entanto, na fase de terminação, as codornas apresentaram melhor peso corporal para os níveis mais elevados de proteína bruta.This study aimed to establish the levels of crude protein and metabolizable energy for improved weight gain, body weight, feed intake and feed conversion in meat quails. A total of 540 quails were used during three experimental periods: baseline (1 to 21st day), growth (22nd to 35th day) and finishing (36 to 49th day). The treatments were a combination with five levels of crude protein (18, 20, 22, 24 and 26% CP) and three energy levels (2,700; 2,900 and 3,100 kcal kg-1), divided into three blocks. Regression models for response surface were used as the method of statistical analysis. Feed conversion occurred in the growth phase (22nd to 35th day) regardless of the energy level in the diet of quails. Higher levels of energy (around 3,000 kcal kg-1) and higher protein levels provided the best weight gain. In the baseline and growth stages, the quails did not differ in body weight according to diet CP level. However, at the finishing stage, the quails showed improved body weight for the highest levels of crude protein.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona