Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Princípios organizadores das representações de rural e cidade

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Mariana Bonomo | Lídio de Souza | Giannino Melotti | Augusto Palmonari

Journal: Sociedade e Estado
ISSN 0102-6992

Volume: 28;
Issue: 1;
Start page: 91;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Cidade | Princípios Organizadores | Representação Social | Ruralidade | Anchorage | City | Organizing Principles | Rurality | Social Representation

ABSTRACT
O estudo foi desenvolvido com o propósito de conhecer os princípios que organizam as tomadas de posição de integrantes de um grupo rural em frente às representações de rural e cidade, a partir da análise dos processos de ancoragem psicológica, social e psicossocial. Foram realizadas entrevistas individuais com 200 integrantes de uma comunidade rural, distribuídos em quatro gerações. O roteiro foi composto por questões que focalizavam: (1) dados sociodemográficos referentes ao sexo, idade, geração e se o participante já havia vivido em áreas urbanas; (2) experiência de preconceito, expectativa de vida na cidade para não migrados e recomendação para viver na cidade pelos participantes que já tinham vivido em território urbano; (3) valores sociais do rural; e (4) evocações livres associadas aos objetos de representação. Os resultados, sistematizados por meio da Análise de Conteúdo e processados por meio do software SPAD-T, indicaram a presença de três princípios organizadores dos significados vinculados aos objetos rural vs. cidade: mundo natural vs. mundo artificial, vida feliz vs. vida ruim e quase autossuficiente vs. centro dos recursos. As discussões focalizaram as funções das representações nos processos de elaboração da identidade social, destacando-se entre elas a de produzir equilíbrio e sustentar a defesa do espaço de pertencimento.From the analysis of the anchorage process, the study was designed to assess the principles that organize the positions taken by members of a rural group faced with rural/city representations. 200 representatives of four generations of a brazilian rural community took part in the study. The script for the interview was made up of questions which focused on: (1) socio-demographic data relating to sex, age, generation groups and previous experience of living in urban areas; (2) contact with prejudice, life expectancy in the city for non-migrants and recommendations on life in the city from participants who have already lived in urban areas; (3) rural social values; and (4) free evocations associated with objects of rural-urban representation. The results, synthesized using Content Analysis and SPAD-T software, indicated the presence of three organizing principles of the meaning of rural vs. city objects: natural world vs. artificial world, happy life vs. bad live and almost self-sufficient vs. resource centred. The function of the process of social identity, which aims to preserve the rural community way of life and guarantees the survival of its sociability through new generations, is discussed.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona