Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Saúde bucal de idosos restritos ao domicílio: estudo descritivo de uma demanda interdisciplinar Oral health of residence restricted elders: descriptive study of an interdisciplinary demand

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Arthur Eumann Mesas | Celita Salmaso Trelha | Mauro José de Azevedo

Journal: PHYSIS
ISSN 0103-7331

Volume: 18;
Issue: 1;
Start page: 61;
Date: 2008;
Original page

Keywords: levantamentos de saúde bucal | assistência odontológica | idosos | pesquisa interdisciplinar | dental health surveys | dental care | aged | interdisciplinary research

ABSTRACT
No município de Londrina, a proporção de pessoas acima de 60 anos em 2002 era de 9,35%, enquanto que a média nacional, neste mesmo ano, foi de 8,52%. Do total dessa população, estima-se que 15% apresentam problemas de saúde que dificultam seu deslocamento para atendimento médico-odontológico. Somadas a essa dificuldade, a baixa renda familiar para a utilização dos serviços odontológicos privados e a falta de prioridade nos serviços públicos os coloca em uma condição de abandono. Foram selecionados 43 idosos, moradores do Conjunto Habitacional Ruy Viermond Carnascialli, e então submetidos a uma entrevista e exame clínico odontológico em seus domicílios. Foi observado que 79,1% referiram a última visita a um dentista há mais de cinco anos, e apenas 55,8% reconhecem a necessidade de um atendimento odontológico. No exame clínico, observou-se que 79,1% dos idosos já haviam perdido todos os seus dentes no arco superior e 65,1% no arco inferior, necessitando usar próteses. Quanto ao tempo de uso de uma mesma prótese, foi encontrada a média de 15 anos, sendo que ao considerar o estado geral de conservação, 67,8% das próteses superiores e 82,4% das inferiores tiveram indicação de substituição. O índice de dentes cariados, perdidos ou obturados encontrado foi de 29,7, com a média de 2,3 dentes hígidos presentes por idoso. Devido às precárias condições encontradas, serão necessários estudos considerando a restrição ao domicílio e suas implicações, como fatores de risco para a má condição e manutenção da saúde bucal em idosos.In the city of Londrina, State of Paraná, Brazil, the proportion of people aged over 60 years in 2002 was of 9.35%, whereas the national average in the same year was 8.52%. Fifteen percent have health problems that hinder their search for health medical and dental services. Besides this difficulty, the low family income to afford private dental assistance and the lack of priority in public services place them in a condition of abandonment. Forty-three elders, selected in a convenience sample, were interviewed and underwent clinical dental exams in their homes. It was observed that 79.1% reported their last visit to a dentist more than 5 years ago, and barely 55.8% recognized the need for dental treatment. In the clinical exam, 79.1% of the elders had already lost all teeth in the upper arch and 65.1% in the lower arch, and needed to use prosthesis. Concerning time of use of the same prosthesis, it was found an average of 15 years, and considering the general state of conservation, 67.8% of the upper prosthesis and 82.4% of the lower ones should be replaced. The index of decayed, lost or filled teeth was of 29.7, with an average of 2.3 teeth with no treatments or problems. Due to the precarious conditions found, more studies on the restraint to residence and its implications are needed, as risk factors for bad condition and maintenance of mouth health among elders.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil