Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Sedentarismo: prevalência e associação de fatores de risco cardiovascular

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Sandra Regina Olbrich | Maria José Trevizani Nitsche | Jaime Olbrich Neto | Natália Leite Rosa Mori

Journal: Revista Ciência em Extensão
ISSN 1679-4605

Volume: 5;
Issue: 2;
Start page: 30;
Date: 2010;
Original page

ABSTRACT
O sedentarismo é definido como a falta ou a grande diminuição de atividade física. É sabido que a atividade física estimula a função dos sistemas cardiovascular, respiratório e musculoesquelético, assim como promove motivação psicológica e sensação de bem estar. É considerado o principal fator de risco para a morte súbita, estando na maioria das vezes associado direta ou indiretamente, às causas ou ao agravamento da grande maioria das doenças. O objetivo do estudo foi verificar a prevalência de sedentarismo e sua associação com outros fatores de risco em funcionários, docentes e alunos da Universidade Estadual Paulista. Foram avaliados clínica e laboratorialmente, de agosto de 2003 a maio de 2007, 9867 pessoas que compareceram a campanha institucional “Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças”. A coleta dos dados ocorreu por procura voluntária; todos os participantes preencheram questionário com dados pessoais e epidemiológicos; foram verificados o peso, a altura, a pressão arterial e coletado sangue, por punção digital para verificação dos níveis de glicose e colesterol total. Foram considerados sedentários todos aqueles que não realizavam atividade física regular por no mínimo 30 minutos três vezes por semana. Todos aqueles que apresentaram anormalidades nas avaliações foram orientados por meio de consulta de enfermagem e sugerido procurarem auxílio médico. A prevalência de inatividade física foi de 59,9 % (alunos, 57,4%; docentes, 55,8%, e servidores, 65,4% ); 57% eram homens ( p
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona