Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Sistema de controle interno ambiental: estudo realizado em um hospital público = System of internal control environment: study done in a public hospital

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Danúbia Vegini | Elisete Dahmer Pfitscher | Maria Denize Henrique Casagrande | Vivian Osmari Uhlmann

Journal: Enfoque : Reflexão Contábil
ISSN 1517-9087

Volume: 31;
Issue: 1;
Start page: 83;
Date: 2012;
Original page

Keywords: Sistema de Controle Interno | Gestão Ambiental | Hospital Público | Internal Control System | Environmental Management | Public Hospital

ABSTRACT
As preocupações com o meio ambiente estão assumindo proporções cada vez maiores, em decorrência dos desequilíbrios gerados pelos homens na natureza. Com isso, a administração pública está adotando políticas mais específicas e concretas, responsabilizando os agentes pelos seus atos. Como meio de garantir resultados positivos para o meio ambiente, as instituições passaram a adotar ações de controles internos, de gestão ambiental, e sistemas de gestão ambiental. O objetivo deste trabalho é analisar a sustentabilidade ambiental através da aplicação parcial do SICOGEA – geração 2. A metodologia adotada é descritiva e exploratória em relação aos objetivos; quanto aos procedimentos adota-se pesquisa bibliográfica e análise dos resultados, este aplicado em um hospital público utilizando-se de uma entrevista semi-estruturada. A trajetória metodológica divide-se em três fases; sendo, a primeira fundamentação teórica onde são estudados os temas: sistema de controles internos, gestão e certificação ambiental, controladoria, auditoria, contabilidade ambiental, sistema de gestão ambiental e resíduos hospitalares. A segunda fase abrange a análise dos resultados, onde primeiramente fez-se um breve histórico da instituição pesquisada, após realiza-se as entrevistas com base na lista de verificação; e finalmente a terceira fase apresenta o diagnóstico dos resultados, a sustentabilidade parcial e total, bem como o planejamento 5W2H. Assim, em decorrência da pesquisa alcançou-se uma sustentabilidade global da instituição em 2011 de 61,01%, a organização é classificada com resultado “Bom” conforme tabela de avaliação da sustentabilidade e desempenho ambiental, tendo uma queda de 4,45% em relação ao exercício anterior.Concerns about the environment are taking greater and greater, due to the imbalances created by man in nature. With this, the government is adopting policies that are more specific and concrete, the agents responsible for their actions. As a means of ensuring positive outcomes for the environment, institutions began to take stock of internal controls, environmental management and environmental management systems. The objective of this study is to analyze the environmental sustainability through the application partial SICOGEA - generation 2. The methodology used is descriptive and exploratory in relation to objectives, and procedures adopted are literature search and analysis of results, this applied to a public hospital using a semi-structured interview. The trajectory methodology is divided into three phases, the first being where theoretical issues are studied: system of internal controls, management and environmental certification, controlling, auditing, environmental accounting, environmental management and hospital waste. The second phase covers the analysis of results, where he became first a brief history of the institution studied, after the interviews carried out based on the checklist, and finally the third phase presents the diagnosis results, the partial and total sustainability as well as planning 5W2H. Thus, as a result of the research was achieved an overall sustainability of the institution in 2011 of 61.01%, the organization is classified as "good" outcome evaluation table as sustainability and environmental performance, with a fall of 4.45% in the previous year.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil