Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

O uso implícito das indicações formais em Ser e Tempo

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Juliana Missaggia

Journal: PERI
ISSN 2175-1811

Volume: 4;
Issue: 1;
Start page: 24;
Date: 2012;
Original page

Keywords: Fenomenologia | método | indicação formal | círculo hermenêutico

ABSTRACT
Nesse artigo é apresentado o uso do método indicativo-formal em Ser e Tempo. Embora Heidegger não desenvolva nessa obra nenhuma análise que trate especificamente das indicações formais, sua utilização nos parece clara – não somente pelo uso do termo “formale Anzeige” em diversas passagens, mas também pela própria estrutura dos argumentos. Procuramos demonstrar como a compreensão do uso implícito de tal metodologia é fundamental para a compreensão de Ser e Tempo. Primeiramente, é apresentado o caráter indicativo-formal do chamado “círculo hermenêutico”, o qual Heidegger analisa em vários trechos da obra, sempre em relação com seu aspecto metodológico. A seguir, procuramos exemplificar o uso das indicações formais em Ser e Tempo, através dos conceitos utilizados por Heidegger na exposição do modo de ser do Dasein. Tal análise é interessante não somente para confirmar a utilização do novo método na obra, mas também para esclarecer, com um exemplo concreto, como ocorre sua aplicação.
RPA Switzerland

RPA Switzerland

Robotic process automation

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil