Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Vigor of canola seeds through quantification of CO2 emission Vigor de sementes de canola quantificado pela liberação de CO2

ADD TO MY LIST
 
Author(s): João Alexandre Lopes Dranski | Artur Soares Pinto Júnior | Neusa Francisca Michelon Herzog | Ubirajara Contro Malavasi | Marlene de Matos Malavasi | Vandeir Francisco Guimarães

Journal: Ciência e Agrotecnologia
ISSN 1413-7054

Volume: 37;
Issue: 3;
Start page: 229;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Brassica napus L. | respiração de sementes | analisador infravermelho de gases | qualidade fisiológica | Brassica napus L. | seed respiration | infrared gas analyser | physiological quality

ABSTRACT
Seed marks the beginning of grain production from cultivated crops. Ensuring seed quality is the priority in the field of seed technology. In this context, the purpose of this study was to evaluate the use of carbon dioxide concentration to Classify Brassica napus seed lots of different quality resulting from various sowing dates. Seed lots were evaluated by percentage of normal plantlets and the germination rate index. CO2 concentration was quantified in samples submitted to five periods of incubation at 40° C with the aid of a gas exchange analyzer coupled to an injection and airflow system. The results were subjected to analysis of variance and the mean values were compared by the Duncan test and by regression analysis at the 5% level of significance. B. napus seeds from all lots showed a high percentage of normal plantlets and germination rate index. Percentage of normal plantlets was correlated with CO2 concentration. Determination of the CO2 concentration was more efficient with three hours of incubation which allowed classification of canola seed lots into four vigor classes. CO2 concentration was inversely proportional to the percentage of normal plantlets.A semente marca o inicio da produção de grãos de plantas cultivadas. Assegurar a qualidade da semente é a prioridade da tecnologia de sementes. Neste contexto, o trabalho objetivou aferir o uso da concentração de dióxido de carbono na classificação de sementes de Brassica napus de diferentes níveis de qualidade resultante de diferentes datas de semeadura. nos quais avaliou-se a porcentagem de plântulas normais e o índice de velocidade de germinação. A concentração CO2 foi quantificada em amostras mantidas por cinco períodos de incubação a 40 °C e mensuradas com o auxílio de um medidor de trocas gasosas, acoplado a um sistema de injeção e fluxo de ar. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Duncan e pela análise de regressão a 5%. Os resultados da porcentagem de plântulas normais foram correlacionados com os resultados da concentração de CO2. Sementes de B. napus apresentaram alta porcentagem de plântulas normais. Contudo, para o índice de velocidade de germinação houve possibilidade de classificação em pelo menos duas classes de vigor. A determinação da concentração de CO2 foi mais eficiente após três horas de incubação, sendo possível agrupar os lotes em quatro Classes de vigor. A concentração de CO2 foi inversamente proporcional à porcentagem de plântulas normais, com melhor coeficiente de correlação obtido após três horas de incubação.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona